Câncer Cerebral

Já que estamos falando de uma doença situada no cérebro, é importante entendermos o que é o cérebro, onde ele está localizado e quais as suas principais funções. Para isso, devemos começar entendendo um pouquinho sobre o Sistema Nervoso Central.

O Sistema nervoso Central é composto pelo encéfalo, medula espinhal e nervos, que vão para as mais variadas partes do nosso corpo, recebendo e levando informações e instruções.

O SNC possui quatro estruturas principais:

1. O Cérebro

Funções do Cérebro

É a maior parte do Sistema nervoso central. Sua camada externa chama-se córtex e é formada por uma massa cinzenta de células nervosas. A camada interna, chamada de substância branca, corresponde aos prolongamentos destas células. Existem, também, os gânglios da base, que são estruturas profundas, constituídas de massa cinzenta.

O cérebro está dividido em dois hemisférios:

Hemisfério direito: responsável por controlar o lado esquerdo do corpo

Hemisfério esquerdo: responsável por controlar o lado direito do corpo e a controlar a capacidade da fala.

Cada hemisfério possui quatro lobos e cada lobo possui um grupo específico de funções. São eles:

Lobo Frontal: movimento, inteligência, raciocínio, comportamento, memória, personalidade, planejamento, tomada de decisões, julgamento, iniciativa, inibição e humor.

Lobo Temporal: fala, comportamento, memória, audição, visão, emoções.

Lobo Parietal: inteligência, raciocínio, diferenciar direita de esquerda, linguagem, sensações e leitura.

Lobo Occipital: Visão

2. O Cerebelo

O cerebelo é a segunda maior área do sistema nervoso central.

É responsável por coordenar e controlar a atividade motora dos músculos (da marcha e da fala) em conjunto com os gânglios da base e responsável pelo nosso equilíbrio.

Situa-se na porção posterior e inferior do crânio.

3. Ponte

Através de feixes nervosos é a ponte quem interliga o cérebro, o cerebelo e a medula espinhal. É na ponte que alguns núcleos de nervos cranianos se situam.

4. Bulbo

Está situado bem abaixo da ponte, com a qual se mantém conectado. No bulbo ficam situados alguns núcleos de nervos cranianos, os centros nervosos da respiração, dos batimentos cardíacos e de outras atividades neuro-vegetativas.

Outras estruturas cerebrais: ventrículos cerebrais, tálamo, hipotálamo, sistema límbico, meninges.

O diagnóstico

Como é feito o diagnóstico de um tumor?

É a partir de uma consulta médica que se inicia o processo do diagnóstico.

Diante do seu histórico médico, os seus atuais sinais e sintomas e um exame neurológico completo, o médico pode avaliar e caracterizar a sua doença.

Caso o médico suspeite de algum problema, ele pode solicitar alguns exames complementares.

O que é um tumor?

A palavra tumor significa qualquer crescimento anormal de células de uma parte do corpo. Processos inflamatórios, infecciosos ou mesmo os crescimentos celulares benignos também podem ser assim chamados.

Tumor Benigno – as células deste tumor crescem lentamente e são diferenciadas (semelhantes às do tecido normal). Geralmente podem ser removidos totalmente através de cirurgia e na maioria dos casos não tornam a crescer.

Tumor Maligno – as células deste tumor crescem rapidamente, têm um aspecto indiferenciado e a capacidade de invadir estruturas próximas e espalhar-se para diversas regiões do organismo. É considerado câncer

Apenas a consulta médica poderá lhe fornecer o diagnóstico correto, pois os sintomas podem estar relacionados a várias outras condições clínicas! Consulte seu médico sempre que algum sinal ou sintoma diferente estiver ocorrendo com você! (Fontes: Oncoguia/INCA/IMC)